Durante a conferência DLD em Munique, o CEO da Microsoft, Satya Nadella, demonstrou sua opinião sobre a maneira como empresas estão empregando técnicas de inteligência artificial. Segundo ele, soluções do tipo devem ser vistas como meios de complementar o trabalho humano e não como uma forma de eliminar funcionários.

“O desejo fundamental de cada pessoa é poder usar seu tempo de maneira mais efetiva e não dizer ‘vamos substituí-lo’”, afirmou Nadella. “Este ano e o próximo vão ser essenciais para democratizar a AI. Para mim a coisa mais excitante não é somente a promessa de inteligência artificial exibida em nossos produtos, mas a capacidade de pegar esse potencial e colocá-lo na mão de todo desenvolvedor e organização”, complementou.

Nadella também afirma que as empresas têm que tomar cuidado para não se deixarem fascinar pelos “truques” que mostram o poder da tecnologia e que não preservam a dignidade de funcionários humanos. Entrando em seu quarto ano no comando da Microsoft, o CEO promoveu uma grande mudança interna na companhia, dando foco especial a serviços e a soluções baseadas na nuvem.

Cupons de desconto TecMundo: