Você conhece a Intel como uma das maiores fabricantes de processadores do mundo, mas a empresa é muito mais que isso. Possuindo também um departamento de pesquisas de comportamento, a Intel divulgou dados impressionantes sobre os maus modos dos usuários de dispositivos portáteis (notebooks, telefones e afins) em locais públicos.

Após entrevistar 2 mil norte-americanos maiores de 18 anos, a Intel divulgou um relatório com dados bastante alarmantes. Estima-se que 91% das pessoas já presenciou algum tipo de utilização equivocada de tecnologia móvel. Do mesmo grupo entrevistado, 75% das pessoas diz que no último ano, tudo piorou. Ente as más maneiras que mais incomodam estão:

  • Utilização de telefone celular ao volante (75%);
  • Não maneirar no volume da voz em locais públicos (65%);
  • Utilização do telefone celular enquanto caminham (28%);
  • Utilização de notebooks ao volante: 24%;
  • Utilização de tecnologia no cinema: 32%;
  • Utilização de tecnologia na Lua de Mel: 9%.

Entre todos os itens citados, o que mais assusta é a utilização de notebooks ao volante. Quase 500 entrevistados afirmaram já ter visto alguém dirigindo e utilizando o computador portátil ao mesmo tempo. A pesquisa da Intel foi além e perguntou aos inscritos no Mobile Technology Etiquette Survey se eles também cometem gafes tecnológicas.

O resultado foi que 85% deles admitem que, na grande maioria das vezes, utilizam seus aparelhos sem se preocuparem com as outras pessoas que estão por perto. Destes, 19% afirmam que só cometem os erros porque veem outros os cometendo também.

Aulas de bons modos

Como você está percebendo, ao longo deste artigo foram dispostos alguns vídeos preparados pela Intel para ensinar boas maneiras aos usuários de computadores, celulares e tablets. A pequena série intitulada “Be a Gabby, not a Gertrude” (Seja uma Gabby, não uma Gertrude) mostra bons e maus hábitos muito comuns.

Eles apresentam de maneira mais didática as lições obtidas por meio das pesquisas da própria Intel. São algumas pequenas frases que fazem muito sentido para qualquer pessoa que já tenha vivenciado experiências tecnológicas em locais públicos. Confira as dicas da Intel:

  • Faça aquilo que você prega: “Não faça aos outros o que não quer que façam com você”;
  • Seja presente: se estiver em uma reunião ou encontro, dê mais valor aos seus companheiros de mesa do que ao seu eletrônico;
  • Pequenos momentos importam: antes de realizar alguma ação com seu smartphone, veja se não há alguém em volta que possa ficar incomodado;
  • Espalhe: fale com seus colegas e familiares sobre a etiqueta dos portáteis;
  • Alguns locais devem permanecer privados: procure não utilizar seu aparelho em banheiros públicos.