A Intel acaba de demonstrar um modelo de referência para o que pode ser o futuro dos computadores tudo-em-um. Estamos falando do protótipo Black Brook, que integra todas as funções de um computador em uma estrutura única, mas muito mais portátil e fina do que a presente em outros aparelhos do mesmo segmento. Totalmente sensível ao toque, ele poderia até mesmo ser confundido com um tablet de 20 polegadas.

Em vez de suportes destacáveis, o aparelho surge com duas estruturas que ficam presas ao próprio computador e que são móveis — sendo elas as responsáveis por permitir que o Black Brook fique na posição correta para a utilização. Vale dizer que mesmo com as 20 polegadas da tela, o tudo-em-um mantém-se com apenas 20 milímetros de espessura, ficando bem próximo ao que podemos encontrar em ultrabooks.

Não se sabe exatamente se um tudo-em-um com opções de portabilidade pode fazer com que o mercado se readéque. Mas vale ressaltar que estamos diante de um modelo de referência. Isso significa que a Intel está demonstrando um conceito que planeja incentivar nos próximos anos, da mesma maneira como fez com os ultrabooks anos atrás.

O vídeo que abre a notícia foi publicado em março deste ano e mostra um pouco mais das possibilidades que podem ser conseguidas com um “tudo-em-um portátil”. Apesar das imagens daquela data, esta é a primeira vez que o Black Brook é visto em uma apresentação pública — no caso, uma feira chamada Future Showcase que está sendo realizada na Ásia.

Cupons de desconto TecMundo: