Durante o IDF – Intel Developer Forum em São Francisco, o CTO da companhia, Justin Rattner, falou sobre e demonstrou os planos da empresa para os gadgets do futuro. Segundo ele, em cerca de 5 anos devem surgir no mercado smartphones capazes de se adaptar automaticamente aos gostos do usuário.

Para isso, serão utilizadas tecnologias de geolocalização e informações obtidas a partir de microfones, câmeras e até mesmo monitores de batimentos cardíacos e ondas cerebrais. Segundo Rattner, não é difícil imaginar um mundo em que aparelhos eletrônicos tem a capacidade de detectar instantaneamente o que o usuário está fazendo, esteja ele dormindo ou se exercitando junto a amigos.

Fonte: Intel

Entre os aparelhos demonstrados pela companhia no IDF está um controle remoto que identifica quem está no controle da televisão a partir dos dados sobre como a pessoa o segura. A partir disso, identifica automaticamente as programações mais acessadas e monta uma lista de canais favoritos para acesso facilitado.

A Intel também apresentou um aplicativo desenvolvido em parceria com a Fodor, companhia especializada em informações turísticas. Conforme uma pessoa passeia por uma nova cidade, seu smartphone recebe automaticamente informações como passeios turísticos disponíveis ou atrações famosas localizadas perto das ruas em que se está andando.

O aplicativo também atua como uma forma de encontrar restaurantes perto do local onde o visitante está hospedado, com recomendações baseadas em preferências culinárias e quantidade de dinheiro disponível. Segundo Rattner, essa é só uma demonstração das várias possibilidades disponíveis de interação. Novas opções devem surgir a partir do momento em que aparelhos como notebooks, desktops, tablets e smartphones compartilharão automaticamente informações entre os hábitos de seus usuários.

Cupons de desconto TecMundo: