(Fonte da imagem: Reprodução/Slash Gear)

O diretor executivo da Intel Brian Krzanich revelou para um grupo de jornalistas que acredita no potencial do Google Glass e nas demais formas de “vestir” tecnologia. Krzanich informou ser um entusiasta do dispositivo da Google e que ele próprio tem um protótipo para teste.

O CEO da Intel disse acreditar que a tendência é que a tecnologia se espalhe cada vez mais pelo corpo em vez de ficar concentrada em apenas um aparelho, como é hoje com smartphones, tablets e laptops.

Além disso, Krzanich informou que a Intel tem interesse em desenvolver microprocessadores para esses formatos e pensa até mesmo em criar seus próprios produtos como forma de entender as aplicações e os usos possíveis dessa tecnologia.

Óculos com Intel Inside

Em um tom um pouco mais ambicioso, Krzanich disse que poderemos ver dispositivos como o Google Glass equipado com chips da Intel ainda no final deste ano ou no começo do ano que vem.

Krzanich e o presidente da Intel Renee James informaram que a empresa está investindo mais nos seus processadores Atom, em uma tentativa de recuperar o atraso em relação aos processadores ARM, tendo em vista a importância de chips – especialmente no caso das tecnologias de vestir – que demandem menos uso de bateria.

Cupons de desconto TecMundo: