Imagem de: Intel tem investido pesado em projeto de TV online

Intel tem investido pesado em projeto de TV online

1 min de leitura
Avatar do autor

(Fonte da imagem: Reprodução/Slashgear)

Não é novidade o fato de que a Intel planeja lançar, o quanto antes, um serviço de TV pela internet. Anunciado no início de 2013, o projeto chegou a ganhar o reforço de diversas emissoras no fim de março. Agora, a Reuters divulgou o fato de que a fabricante de processadores está investindo muito dinheiro nesse projeto, chegando a oferecer até 75% mais para as provedoras de conteúdo do que empresas da área de TV a cabo oferecem.

De acordo com uma fonte anônima consultada pela Reuters, a empresa já teria fechado acordos com a CBS, News Corp e Viacom, tendo o intuito de lançar o serviço até o final de 2013. Além disso, a NBC também está em fase de negociação.

A companhia tem repensado a assinatura que seria paga pelos telespectadores e, também, sugeriu que os consumidores não consigam pular o comercial na primeira exibição de um programa. A intenção é a de competir diretamente com Amazon, Google e Apple, fornecendo não apenas o conteúdo, mas também o dispositivo necessário para a transmissão de programação ao vivo e sob demanda.

Ainda não estão definidos valores para o consumidor final, mas o diretor da Intel Media, Erik Huggers, adiantou para a Reuters que tem estipulado a TV online como sendo um produto Premium, e não uma forma de economizar com a TV a cabo.

Sendo assim, pode esperar por preços altos, já que isso proporcionará margens para que a Intel continue a negociar com os principais produtoras de conteúdo dos Estados Unidos. E, de acordo com a Reuters, a empresa ainda precisa conquistar as cinco maiores emissoras do país para garantir que terá os canais populares em seu serviço.

Fontes

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Veja também
Intel tem investido pesado em projeto de TV online