Companhia quer alavancar ultrabooks e dispositivos móveis. (Fonte da imagem: Reprodução/FuiNaColetiva)

De olho no mercado de PCs brasileiro, a Intel anunciou que pretende investir algo em torno de US$ 1 bilhão no Brasil nos próximos cinco anos. A empresa afirma que esse passo representa aplicar no país nos próximos anos tudo o que já foi investido até aqui. Isso se justifica pela crescente demanda por computadores pessoais e tablets que o mercado nacional tem apresentado. Fora isso, a maior fabricante de processadores do mundo está engajada em popularizar os ultrabooks por aqui.

O presidente da companhia no Brasil, Fernando Martins, não deu uma quantia exata de investimentos, mas, em uma oportunidade, conseguiu dar uma ideia do que está por vir. “É difícil estabelecer uma cifra específica, mas com certeza estamos falando em algo na casa de US$ 1 bilhão”, disse à revista Exame.

Além de avaliar o crescimento da demanda por computadores no Brasil, a decisão da Intel levou em conta também o alto faturamento da fabricante em território nacional, que aumentou mais de 20% somente no ano passado.

Novidades nas prateleiras

A companhia também afirmou que o Brasil está para receber novos modelos de ultrabooks que devem apimentar um pouco a concorrência, hoje limitada a poucas marcas. Até o fim deste ano, novas empresas que fabricam esse tipo de PC devem desembarcar no país, sendo que Dell, LG, Positivo, CCE, Megaware, Samsung, Semp Toshiba, Acer, Asus, HP e Sony devem trazer novos modelos em breve.

Além dos esforços para a popularização dos ultrabooks, a Intel pretende investir boa parte do montante destinado ao Brasil na produção e pesquisa em software e inovação para dispositivos móveis.

Cupons de desconto TecMundo: