(Fonte da imagem: The Verge)

Em uma entrevista concedida ao Financial Times, o vice-presidente executivo da Intel, Sean Maloney, confirmou o adiamento da linha Ivy Bridge para junho de 2012. Segundo ele, a mudança de data foi ocasionada por problemas com o novo processo de fabricação de 22 nanômetros utilizado pela companhia.

Rumores anteriores já indicavam o adiamento da nova linha de processadores, porém por um motivo bastante diferente. Fontes ligadas ao DigiTimes indicavam que o principal motivo para a demora no lançamento era um desempenho aquém do esperado para os produtos Sandy Bridge — somente após o fim dos estoques é que a Intel começaria a se focar em sua nova linha de dispositivos.

Maloney também afirmou que a distribuição global de smartphones com a tecnologia desenvolvida pela empresa será feita após o primeiro equipamento do tipo (produzido em parceria com a Lenovo) chegar à China em abril deste ano. Segundo ele, o aparelho estará disponível em outros mercados entre quatro e cinco meses após sua data de lançamento no país.