Uma notificação emitida pela Intel revelou que a empresa tem planos de adiar as vendas das primeiras CPUs com a tecnologia Ivy Bridge para só depois de junho. A primeira leva do novo chip deveria chegar aos fabricantes em abril, mas foi atrasada para permitir que as empresas possam vender a versão antiga — Sandy Bridge — que ainda está sobressalente em estoque.

Segundo o Digitimes, fontes dentro das montadoras da Ásia confirmam que a decisão da Intel é baseada no desempenho abaixo da expectativa obtido pelos processadores Sandy Bridge, considerando o enfraquecimento na economia de todo o mercado mundial que acarretou em baixas na demanda.

Mesmo que o novo processador da Intel chegue aos fabricantes em junho, as empresas acham improvável que os primeiros notebooks e ultrabooks equipados com o Ivy Bridge comecem a ser vendidos no mesmo período. Ainda de acordo com Digitimes, os fabricantes planejam aguardar até o lançamento do Windows 8, programado para setembro, antes de anunciar os computadores que têm a nova geração de processadores sob o “capô”. 

Cupons de desconto TecMundo: