Diferenças entre notebooks, ultrabooks e desktops (Fonte da imagem: ChipHell)

Nesta quinta-feira vazaram os primeiros slides sobre a Haswell, nova arquitetura de chips Intel que será lançada no primeiro semestre de 2013. As informações foram obtidas pelo site ChipHell. A apresentação, que parece ser oficial, revela todos os detalhes do funcionamento dos novos chips, os quais chegarão ao mercado em versões para ultrabooks (os concorrentes do MacBook Air), notebooks e desktops.

Tudo-em-um

A principal novidade é a mudança do PCH (Platform Controller Hub) para dentro do CPU. Atualmente são necessários dois chips nos modelos Sandy Bridge, o CPU e o PCH. Com essa mudança, os novos chips permitirão placas-mães menores e o tempo de duração de baterias de ultrabooks deve melhorar por causa da redução no número de componentes externos.

Os processadores da arquitetura Haswell também são denominados MCP (multi-chip package), por terem dois núcleos em um único empacotamento.

Haverá uma diferença entre o núcleo de processadores e as plataformas. Enquanto notebooks e desktops poderão receber de dois a quatro núcleos, os ultrabooks somente poderão ser equipados com dois.

Novo chip terá versão para notebooks, desktops e ultrabooks (Fonte da imagem: ChipHell)

Equipado para os jogos?

O chip gráfico integrado do Haswell para ultrabooks e notebooks contará com três diferentes configurações: GT1, GT2, e GT3.  Já sua versão para desktops somente será equipado com as versões GT1 e GT2. Por enquanto não há informações sobre as diferenças de cada uma, mas é bem provável que uma delas seja focada em alto desempenho da GPU, possibilitando que aplicativos mais pesados, como jogos 3D, rodem na máquina.

A bateria vai durar mais

O novo processador também trará mudanças significativas no que diz respeito ao consumo de energia. Ele será produzido por um processo de 22 nanômetros tridimensional – tecnologia que vai estrear com o Ivy Bridge em 2012. Com isso, o consumo será reduzido em 30%, com relação à arquitetura de processadores atuais. Além disso, o Haswell vai durar 20 vezes mais no modo stand by.

A memória deve ter um consumo mais baixo com o uso de DDR3L, sendo que os desktops vão contar com a versão regular de DDR3 e os ultrabooks vão usar LP-DDR3. Além disso, um novo socket denominado LGA-1150 será usado para desktops. 

Cupons de desconto TecMundo: