A Intel anunciou nesta quarta-feira (21) uma parceria com o Comitê Olímpico Internacional (COI) para oferecer uma série de experiências durante as próximas edições dos Jogos Olímpicos. Até 2024, a fabricante de processadores vai realizar uma série de ações que envolvem a produção de vídeos em 360°, internet 5G e transmissões ao vivo em realidade virtual.

As novidades começam a ser vistas já em 2018, quando acontecem os Jogos Olímpicos de Inverno em Pyeongchang, Coreia do Sul. Depois disso, as Olimpíadas de Verão de Tóquio 2020, as Olimpíadas de Inverno Pequim 2022 e, por fim, as Olimpíadas de Verão de 2024 (ainda sem sede definida) também receberão suporte tecnológico da Intel.

“Estamos animados em unirmos as tecnologias inovadoras da Intel ao Movimento Olímpico para fazer avançar a experiência com os Jogos Olímpicos aos fãs de todo o mundo”, afirma o presidente da Intel Brian Krzanich. “Por meio desta colaboração com a família Olímpica, nós vamos acelerar a adoção de tecnologia para o futuro dos esportes no maior palco de atletas do mundo.”

Pioneirismo com 5G

Um dos destaques no do acordo entre COI e Intel é a oferta de conexões 5G durante as próximas edições dos Jogos Olímpicos. Essas serão as primeiras demonstrações públicas do potencial desse próximo passo em tecnologia de redes móveis, preparando terreno para um lançamento em larga escala das conexões 5G.

Drones, RV e 360°

A Intel vai oferecer ainda tecnologias que prometem transformar a maneira como se transmitem eventos esportivos no mundo. As Olimpíadas de Inverno do ano que vem farão as primeiras transmissões ao vivo em realidade virtual do planeta, transportando espectadores para dentro dos locais de disputa.

Outra novidade é a oferta de vídeos de replay em 360°, mais um recurso inédito em transmissões esportivas e também com alto potencial de imersão. A Intel promete ainda a captura de imagens “nunca antes vistas” a partir de inúmeros drones sobrevoando os locais de competição ao longo dos próximos Jogos Olímpicos.

Cupons de desconto TecMundo: