John McAfee é uma das figuras mais icônicas do mercado de segurança digital. Pioneiro do mercado de antivírus e investidor em diversos segmentos, ele conquistou uma grande fortuna ao longo das últimas décadas.

Em maio deste ano, John foi contratado como CEO da MGT Capital Investments e viu essa fortuna aumentar um pouco. Não demorou para que a companhia liderada por McAfee anunciasse a compra da D-Vasive — uma empresa especializada em segurança e em soluções anti-spyware.

Também não demorou para que surgisse a informação de que a D-Vasive iria modificar seu nome para "John McAfee Global Tecnologies, Inc". Você consegue ver algum problema nisso? Pois os advogados da Intel viram e entraram na justiça para impedir que a mudança de nome fosse concretizada.

A Intel adquiriu a McAfee anos atrás e considera que o nome da empresa não pode ser usado em outras soluções de segurança

O motivo para isso é bem simples: a Intelcomprou a McAfee — empresa fundada por John em 1987 — e alega que, com isso, também adquiriu os direitos legais do nome "McAfee" em qualquer solução de segurança digital.

Agora, John McAfee e a MGT também entraram na justiça. De acordo com o documento anexado ao processo, a empresa e o pioneiro querem provar judicialmente que o nome de "McAfee" ainda pertence ao próprio John. Você faria alguma aposta sobre quem vai ganhar?

Cupons de desconto TecMundo: