A Intel anunciou a compra da startup israelense Replay Technologies, que realiza a captura de imagens e disponibiliza replays instantâneos por diversos ângulos em eventos esportivos.

O interesse da Intel é digitalizar os esportes, trazendo a "mágica" da tecnologia para os eventos esportivos em tempo real. O grande alvo da gigante da computação é usar a empresa para realizar coleta, processamento, análise e disponibilização de dados — algo que pode ser bastante útil para técnicos, executivos, jornalistas e atletas avaliarem itens como desempenho e estratégia de uma partida.

A tecnologia proprietária da Replay Technologies é chamada de freeD. O formato usa câmeras de alta resolução e gráficos poderosos para permitir a visualização dos dados. A Intel entra na jogada para investir no que já foi feito: o objetivo é aumentar a capacidade de processamento e permitir funções como manipular e editar conteúdo personalizado.

A Intel recentemente ajudou a Replay Technologies a criar replays em 360º de jogos da NFL, além de uma experiência de imersão em 3D do NBA All-Star Weekend. Neste segundo caso, foram usadas 28 câmeras de altíssima definição — e isso é só começo.

Você gosta das tecnologias de vídeo e replay usadas nos esportes? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: