(Fonte da imagem: Reprodução/Mashable)

De acordo com informações obtidas pelo Instituto de Tecnologia da Georgia (Georgia Tech) e pelo Yahoo Labs, as imagens que são publicadas no Instagram com somente rostos, as chamadas selfies, têm maiores probabilidades de serem curtidas e de receberem comentários.

Mais de um milhão de fotos na rede social foram analisadas no estudo, com fotos que variavam entre selfies, paisagens, pores-do-sol, fotos de comidas, entre muitas outras – e as que receberam maior atenção por parte dos usuários foram as selfies.

Com os dados adquiridos, foi possível concluir que fotos com rostos têm 38% mais chances de serem curtidas e 32% de probabilidades maiores de receberem comentários. Fatores como o número de rostos, sexo ou a idade das pessoas não influenciam no quanto ela pode se tornar popular, também diz o estudo. Saeideh Bakshi, pesquisador de computação da Georgia, disse que os “rostos são um poderoso canal de comunicação não verbal. Constantemente, nós monitoramos isso para uma variedade de contextos, incluindo atratividade, emoções e identidade”.

Os analistas que conduziram o experimento identificaram as fotos com selfies através de um software de detecção e mapeamento de fotos em rostos. O estudo será apresentado oficialmente em Toronto, no fim desse mês, na Conferência de Fatores Humanos em Sistemas de Computador. Outros fatores serão analisados mais profundamente, como se fotos individuais ou em grupo realmente recebem maior atenção ou não.

Pensando nessas questões, não é à toa que o tweet mais replicado do Twitter é uma selfie de Elen DeGeneres com os atores presentes no Oscar. 

Cupons de desconto TecMundo: