(Fonte da imagem: Reprodução/Instagram)
De acordo com o jornal The New York Times, alguns restaurantes da cidade de Nova York começaram a proibir os seus clientes de tirar fotos de sua refeição – algo que pode prejudicar a prática do Foodstagram, o hábito de publicar fotos de comida na rede de compartilhamento de imagens Instagram.

As políticas que proíbem a prática variam de acordo com os estabelecimentos. Segundo o dono do Chef’s Table, Moe Issa, os clientes pagam não só pela refeição, mas também para poder usufruí-la sem se distrair com outras pessoas.

De acordo com o chef de cozinha David Bouley, os fotógrafos de restaurante têm hábitos variados. Há desde aqueles que utilizam câmeras gigantescas, mas sabem ser discretos, até aqueles que sobem em cima das cadeiras para fotografar seus pratos de comida de um ponto de vista “aéreo”. “Se não coibirmos esse tipo de comportamento, isso aqui vira um circo”, justifica Bouley.

A prática, por enquanto, se limita aos restaurantes nova-iorquinos. No entanto, caso se torne popular, ela pode acabar pondo fim a um dos usos mais populares do Instagram. Será que a equipe da rede social deve começar a se preocupar?

Cupons de desconto TecMundo: