(Fonte da imagem: Reprodução/Instagram)

Em abril deste ano, quando o Facebook comprou o Instagram por US$ 1 bilhão, os mais fanáticos pelo aplicativo de edição e postagem de imagens ficaram com medo – afinal, a rede social poderia usar o serviço apenas para engordar a conta bancária. A primeira pista disso apareceu quando os novos Termos de Serviço do site foram publicados, mas agora a informação é oficial.

Segundo a vice-presidente de marketing global da rede, Carolyn Everson, o Instagram será monetizado, mas ainda não foi definido de que maneira isso vai acontecer. O principal obstáculo é que a equipe do aplicativo ainda é pequena, mas logo a situação deve mudar – e isso deve ser seguido pela tal “monetização”, que o Facebook não negou ser o mesmo que “colocar anúncios” no serviço.

A ideia inicial é fazer parceria com empresas que já usam o Instagram para postar fotos e atrair o público mais jovem, mas ainda não há previsão para o início desse processo, que agora é inevitável.

Cupons de desconto TecMundo: