O professor e pesquisador da Universidade Estadual da Pensilvânia, nos EUA, Dongwon Lee publicou uma pesquisa sobre o comportamento de usuários de diversas faixas etárias no Instagram. Ele descobriu que é possível supor a idade aproximada das pessoas nessa rede social por meio da forma como elas reagem a fotos de outros usuários e às suas próprias publicações.

Adolescentes, por exemplo, tendem a postar imagens que refletem mais o seu humor momentâneo e estilo de vida em geral, enquanto jovens adultos possuem interesses bem diversificados e dão menos likes em outras publicações. Adolescentes também são mais preocupados com a quantidade de curtidas que suas fotos recebem e costumam deletar as que não fazem muito sucesso.

Basicamente, os adolescentes “querem ser bastante populares e, por isso, prestam muita atenção na quantidade de likes que estão recebendo”, comentou Lee ao The Atlantic. O pesquisador e sua equipe descobriram esses padrões a partir da API do Instagram, que, aparentemente, é mais simples de analisar e obter dados sintéticos do que as de outras grandes redes sociais.

Você tem comportamento de adulto ou de adolescente no Instagram?

No Facebook e no Twitter, entretanto, os likes normalmente carregam significados mais subjetivos, apesar de o Facebook recentemente ter criado uma série de “reações” diferentes para as pessoas expressarem seus sentimentos com mais precisão. Contudo, o botão tradicional de curtir ainda é largamente mais utilizado, pois é mais simples e direto, requerendo apenas uma ação.

Caso você tenha interesse em conferir a pesquisa de Lee a fundo, o texto está disponível aqui, em inglês.

Cupons de desconto TecMundo: