Imagens origandas por satélite infravermelho revelam 17 novas pirâmides. (Fonte da imagem: BBC/Digital Globe)

Satélites que utilizam a tecnologia de infravermelho para fotografar o solo encontraram 17 pirâmides até então desconhecidas pela humanidade, na cidade de Tânis, Egito. Junto com os monumentos, também foram detectadas mais de 1 mil tumbas, 3 mil povoações antigas e alguns prédios subterrâneos. Escavações recentes já confirmam a veracidade de duas das 17 pirâmides e de parte das outras construções.

O projeto foi idealizado pela norte-americana especialista em assuntos relacionados ao Egito, Dra. Sarah Parcak, da Universidade do Alabama, localizada em Birmingham, Reino Unido. A pesquisa estava sendo feita pela equipe da doutora por mais de um ano e somente agora atingiu o seu ápice.

O satélite que possibilitou essa proeza histórica orbita a 700 quilômetros acima da superfície da Terra. O equipamento possui câmeras superpotentes, que permitem focalizar objetos com menos de um metro de diâmetro, mesmo com toda essa distância.

Em entrevista à BBC, agência de notícias que divulgou a descoberta, a Dra. Parcak declarou que não conseguia acreditar quando viu todos aqueles campos inexplorados, pois “escavar uma pirâmide é o sonho de todo arqueólogo”. A pesquisadora foi ainda mais longe e disse que Indiana Jones é passado: “Desculpe-me, Harrison Ford”, falou Dra. Parcak, mencionando o ator que interpretava o personagem, um verdadeiro mito dos cinemas.

Cupons de desconto TecMundo: