(Fonte da imagem: Divulgação/Lexmark)

O grupo americano Lexmark International, conhecido pelos produtos na área de impressão, anunciou ontem (28) que fechará uma fábrica nas Filipinas, responsável pela linha de jatos de tinta da companhia. A medida faz parte de um programa de reestruturação financeira, e o grupo estima uma economia de US$ 95 milhões com o fim das operações.

Com o anúncio, 1.700 postos de trabalho foram cancelados, representando uma demissão de 13% do corpo total de funcionários da empresa no mundo. Além dos empregos diretamente relacionados à produção, postos na área de pesquisa e desenvolvimento, fornecimento e outras funções de suporte também devem ser cortados.

Entretanto, a Lexmark continua oferecendo suporte e suprimentos para quem possui equipamentos da marca à base de jato de tinta. Apesar disso, segundo nota da empresa, o objetivo é vender a tecnologia de desenvolvimento dos produtos.

No próximo ano, o grupo americano deve economizar US$ 85 milhões até chegar à redução de US$ 95 milhões em 2015. Ao todo, o plano de reestruturação está calculado em US$ 160 milhões, com conclusão prevista para daqui a três anos.

Fonte: Valor

Cupons de desconto TecMundo: