Pesquisadores da Universidade Tecnológica de Viena descobriram como tornar mais rápidas as impressões em 3D. Usando uma técnica chamada litografia de dois fótons, os cientistas estabeleceram um novo recorde de velocidade, imprimindo ordens de grandeza de forma mais rápida do que era feito anteriormente.

A nova tecnologia depende de uma resina líquida, preenchida como moléculas fotoativas que endurecem mais rápido quando absorvem dois fótons a partir de um feixe de laser. A resina permite uma rápida evolução, pois concentra o laser em um determinado ponto.

Com o avanço, em vez de imprimir apenas alguns milímetros por segundo, os pesquisadores estabeleceram a marca de até 5 metros por segundo. O carro de corrida, que você confere no vídeo acima, recebeu 100 camadas de resina endurecida em apenas quatro minutos.

Cupons de desconto TecMundo: