AmpliarCampanha contra o preconceito usa impressora de alta tecnologia. (Fonte da imagem: Reprodução / Penalty)

Iniciou-se ontem (16) uma ação da Penalty, fornecedora de material esportivo do Club de Regatas Vasco da Gama, para que o torcedor vascaíno “imprima” sua mão no estádio de São Januário. A campanha faz parte do movimento “Eu abro mão”, e dá a 1.923 torcedores a oportunidade de ter uma imagem de sua mão nos muros do estádio.

Para participar, basta que o torcedor seja usuário do Facebook e utilize o aplicativo desenvolvido especialmente para a campanha. Ele é capaz de vetorizar uma imagem de sua mão por meio da webcam. Ao enviar a imagem, os usuários estão automaticamente participando do sorteio que vai selecionar as 1.923 escolhidas para serem impressas em São Januário.

As ilustrações serão obtidas com a impressora vertical Giant Printer, criada em 2006 pelo engenheiro dinamarquês Nicolas Friis e pela designer canadense Vanessa Carpenter, que compõem a dupla Geek Physical. Esse equipamento, que pode imprimir imagens de até 100 x 50 metros na vertical, será usado pela primeira vez no Brasil.

Ação contra o preconceito

O número 1.923 faz alusão ao ano da chamada “Resposta Histórica” do Vasco da Gama a uma exigência da Associação Metropolitana de Esportes Atléticos. A associação obrigou o clube a demitir 12 jogadores negros e pardos para participar do campeonato estadual do ano seguinte, ao lado de América, Bangu, Botafogo, Flamengo e Fluminense.

O movimento “Eu abro mão” faz parte das ações de lançamento da terceira camisa do clube carioca, que será toda preta e contará com uma imagem com os dizeres “inclusão” e “democracia”.

Cupons de desconto TecMundo: