A NASA, a agência espacial dos Estados Unidos, anunciou que a impressora 3D da Estação Espacial Internacional produziu seu primeiro objeto no espaço. O feito abre caminho para a realização de expedições espaciais de longa duração.

"A primeira impressão é o passo inicial para prover uma máquina de produção sob demanda que funciona fora da Terra", explica Niki Werkheiser, gerente de impressora 3D para a Estação Espacial Internacional. "A estação espacial é o único laboratório onde podemos testar em sua totalidade essa tecnologia no espaço".

A impressora foi instalada em 17 de novembro e, depois de duas calibragens, foi feito o primeiro objeto em microgravidade no dia 24: um painel frontal para o extrusor (o dispositivo que expele o material) da própria impressora. Os dados foram enviados pela equipe de solo comandada pela Made in Space, uma empresa especializada em fabricação no espaço.

O primeiro objeto impresso no espaço traz o nome das instituições que tornaram isso possível

"A operação da impressora 3D é um momento transformador  no desenvolvimento espacial", diz Aaron Kemmer, executivo-chefe da Made in Space. "Construímos uma máquina que vai prover dados de pesquisa necessários para desenvolver futuras impressoras 3D para a Estação Espacial Internacional e além, revolucionando a fabricação espacial. Isso pode mudar como vamos abordar a aquisição de ferramentas e partes de reposição para o time da estação espacial, permitindo lhes ser menos dependente  de missões de suprimento da Terra".

Os primeiros objetos feitos no espaço seguirão para a Terra em 2015 para análises detalhadas e comparações com objetos feitos em terra. O objetivo é saber se o processo de impressão funciona da mesma maneira tanto em ambiente de microgravidade como em solo firme.

Cupons de desconto TecMundo: