Até o momento, a impressão 3D pode reproduzir corpos e rostos de pessoas perfeitamente, mas, em relação ao cabelo, o resultado não era tão bom. No entanto, os cientistas da Disney Research parecem que resolveram o problema com um algoritmo tão poderoso que pode rastrear a forma e a cor do cabelo de maneira ultrarrealista.

A equipe de pesquisa na Disney Research de Zurique e da Universidade de Zaragoza inspiraram-se nos escultores clássicos, que criavam representações realistas do cabelo usando formas sólidas, em vez de tentar capturar a forma e o tamanho dos fios de cabelos individualmente.

Como o processo funciona

O processo começa com várias imagens e cores sendo capturadas da cabeça da pessoa. Depois, o sistema calcula um primeiro formato para a superfície do cabelo. Então, as informações das cores são adicionadas, combinando tudo geometricamente na medida do possível.

No próximo passo, o nível de detalhe é reduzido para permitir a representação da pessoa ser miniaturizada e reproduzida, preservando as características do penteado. Ao final são adicionados detalhes de forma consistente com a estilização da cor.

O resultado é uma estátua impressa em 3D muito realista. Esta técnica pode ser usada para penteados, barbas por fazer e até para criar objetos como bichos de pelúcia.

Cupons de desconto TecMundo: