Parece que a BMW está entrando de vez na era da impressão 3D. A fabricante de automóveis alemã, a fim de melhorar o apoio aos trabalhadores das áreas de linha de produção, desenvolveu um “dedo polegar em 3D”, usado para diminuir o excesso de pressão sobre as articulações do polegar durante a realização de algumas tarefas na linha de montagem. 

Com a ajuda do Departamento de Ergonomia da Universidade Técnica de Munique, ela criou vários “dedos flexíveis” que são produzidos de maneira personalizada para os trabalhadores de uma fábrica de Munique. Cada dedo é único e modelado para atender especificamente o polegar de cada funcionário.

Polegares reforçados

O aparelho ortopédico atua como uma espécie de tala para reforçar a articulação do polegar quando os trabalhadores da fábrica empurram os tampões de borracha nos carros. Eles são feitos de poliuretano termoplástico reforçado e aberto na articulação do polegar para o movimento, com hastes de bloqueio para quando o polegar é esticado, a fim de ajudar no esforço de emburrar a peça com o dedo.

A impressão em 3D neste caso envolve a digitalização de algo existente (a mão do trabalhador) a partir de todos os ângulos. Esse modelo tridimensional é recriado em camadas finas construídas em plástico ou metal.

A BMW já havia usado a impressão 3D para criar assentos para cadeiras de rodas personalizadas para a equipe paralímpica britânica nos jogos Paraolímpicos de Londres em 2012.

Cupons de desconto TecMundo: