Um homem de 27 anos foi preso nesta semana no Japão por estar portando ilegalmente armas portáteis feitas em uma impressora 3D. O caso é o primeiro do gênero a ser registrado no país, que se orgulha por possuir um baixo índice de criminalidade.

As cinco armas de plástico e a impressora 3D foram encontradas na casa de Yoshimoto Imura na cidade de Kawasaki, que fica ao sul da capital Tóquio. Segundo a polícia, duas das armas eram capazes de matar ou ferir pessoas. Entretanto, não foi encontrada munição para elas no local.

No computador de Imura a polícia encontrou vários manuais para a fabricação de armas de mão. “Eu fiz as armas com uma impressora 3D em casa. Não achei que isso fosse ilegal”, explicou o suspeito. Embora ele continue preso, a polícia local ainda analisa o caso para saber quais medidas tomará no futuro. 

Cupons de desconto TecMundo: