Para provar a funcionalidade de um novo sistema de impressoras 3D que permite criar circuitos condutores, estudantes da Universidade de Stanford “imprimiram” um controle para video games totalmente funcional. Todo o processo foi gravado em vídeo, incluindo as etapas necessárias para criar o modelo em 3D do acessório.

A criação foi possível graças a um acessório conhecido como Rabbit Proto, uma cabeça de impressão adicional que trabalha com as impressoras da linha RepRap. A novidade permite misturar material condutivo (silicone preenchido com filamentos de prata) ao plástico convencional usado durante o processo de impressão.

Atualmente, a universidade trabalha em métodos de permitir o uso de matérias-primas menos dispendiosas, como a pasta de grafite. Caso o processo ocorra conforme o planejado, não deve demorar muito tempo até que impressoras 3D sejam capazes de produzir robôs totalmente funcionais ou até mesmo um console de video game completo para combinar com o controle já criado.

Via BJ

Cupons de desconto TecMundo: