O adolescente Mason Wilde, de somente 16 anos, ficou bastante interessado em desenvolver um protótipo de mão para o jovem Matthew, de nove anos, depois de conhecê-lo.

Matthew sofreu má formação durante o período de gestação, o que fez com que os dedos de sua mão direita não se desenvolvessem corretamente. Wilde ouviu falar de protótipos de mãos que podem ser realizados com as impressoras 3D e resolveu tentar o mesmo com Matthew.

O protótipo foi encontrado na internet por Mason, porém ele fez algumas alterações para a mão do pequeno Matthew, desenvolvendo as estruturas do mecanismo – algo bastante semelhante já foi publicado aqui no TecMundo. As próteses mecânicas da mão eram caras demais e a família já havia desistido de adquirir um modelo no momento para Matthew (o valor das mãos mecânicas pode ultrapassar os US$ 18 mil).

O melhor é que todas as peças da nova mão de Matthew foram impressas na biblioteca local da cidade, sem que os membros da família tivessem que gastar com uma impressora 3D (que também pode ser bastante cara). Certamente, o design proposto por Mason não deve ter sido fácil de criar, especialmente em relação aos ligamento dos fios com os comandos da mão de Matthew.

Esse não é o primeiro caso de como as impressoras 3D podem ajudar as pessoas. Como os modelos do protótipo da mão já estão online, é de se esperar que outras pessoas com um problema semelhante optem pela mesma solução (que custou somente US$ 60). 

Cupons de desconto TecMundo: