Você já viu várias notícias aqui no Tecmundo sobre a polêmica envolvendo a pistola Liberator: ela pode ser impressa em 3D, montada separadamente e, em teoria, é tão eficiente quanto uma arma de fogo fabricada industrialmente. Mas será que isso é verdade?

O clipe acima está aí para comprovar que sim. Um sujeito que baixou a modelagem da Liberator resolveu reproduzir a arma em uma impressora 3D comum – e gravar o tão aguardado teste.

A versão da Liberator mostrada é um pouco diferente da original, já que os pinos que unem as peças são de metal. Ainda assim, foram gastos apenas US$ 25 de material para a impressão, que levou dois dias.

O clipe mostra que a pistola disparou sucessivamente nove tiros, mas que ela poderia ter ido ainda mais longe. O maior problema, segundo o criador, é que os cartuchos que ficam na arma precisam ser retirados com um martelo – trabalho que a torna praticamente descartável.

Cupons de desconto TecMundo: