Este minitutorial vai lhe ensinar a fazer um belo efeito de água através do GIMP. Se você está achando que é difícil criar este efeito, prepare-se para se surpreender.

O primeiro passo é abrir uma nova imagem no GIMP. Quem determina o tamanho dela é a sua necessidade. Em seguida, preencha a imagem com o efeito de nuvens. Para isso, vá em “Filtros”-“Renderizar”-“Nuvens”-“Ruído Sólido”. As configurações podem variar também. A melhor maneira é você tentar e errar até que consiga o resultado desejado. No entanto, lembre-se de usar um valor alto em "Semente aleatória".

O ruído é o princípio do efeito de água.

Agora, para dar sensação de movimento, basta aplicar o filtro de borrão. Para isso, vá em “Filtros”-“Desfocar”-“Borrão de Movimento”. Já aqui as configurações devem seguir um padrão: o tipo de borrão deve ser radial e o ângulo deve estar em 45°. Este processo pode demorar algum tempo. Acompanhe a barra de progresso na parte de baixo da tela.

O movimento começa a criar o efeito de onda.

Para completar este efeito, você pode aplicar o Desfoque Gaussiano. Basta ir em “Filtros”-“Desfocar”-“Desfocagem Gaussiana”. O tipo de borrão deve ser IIR e o valor para horizontal e vertical deve ser 35.

A desfocagem gaussiana melhora o efeito de borrão.

Agora, você pode adicionar ondas através do “Filtro”-“Distorções”-“Ondas”. Configure o modo como manchar, a amplitude como 55, a fase como 190 e o comprimento da onda como 37.

As ondas começam a dar a cara do efeito.

Agora, duplique a camada (“Camada”-“Duplicar”). Espelhe a camada criada (“Ferramentas”-“Ferramentas de Transformação”-“Espelhar”). Você vai perceber que o cursor do mouse irá mudar. Clique com ele sobre a imagem e arraste-o da direita para a esquerda.

Mude o modo desta camada para Diferença. Para isso, selecione-a na janela de camadas e, na parte de cima, na opção Modo, escolha “Diferença”. Duplique a camada novamente.

A combinação de camadas é fundamental.

Rotacione a nova camada (a segunda camada duplicada). Para isso, vá em “Ferramentas”-“Ferramentas de Transformação”-“Rotacionar”. Isto também pode ser feito através do atalho Shift+R. Uma caixa de diálogo irá se abrir. Nela, mude o ângulo para 180° ou simplesmente clique em “Rotacionar”.

O efeito vai tomando forma.

Agora, você precisa combinar todas as camadas criadas. Para isso, vá em “Imagens”-“Combinar camadas visíveis”, o que também pode ser feito através do atalho Ctrl+M. Escolha a opção “Expandida como necessário”.

Juntando camadas para aplicar os efeitos em todas elas.

Para adicionar as ondulações, basta ir em “Filtros”-“Distorções”-“Ondulações”. A orientação deve ser horizontal, as bordas devem dar a volta, o tipo da onda deve ser seno, o período deve ser 130 e a amplitude deve ser 10.

A ondulação está quase pronta.

O próximo passo é adicionar cor à imagem.  Há diferentes maneiras para isso. Uma delas é criar uma nova camada, aplicar a cor de frente que você desejar, utilizar a ferramenta balde, mudar o modo desta camada para cor e combinar todas as camadas novamente. A cor será aplicada em todas elas.

Aplicando a cor para finalizar o efeito.

O efeito está quase pronto. Falta apenas dar os toques finais. Primeiro recorte as bordas da imagem. Para isso, á em “Seleção”-“Encolher”. Encolha a seleção em seis pixels. Copie ou corte a seleção, cole-a em uma nova imagem e pronto.

A imagem pronta e com um bonito efeito.

Cupons de desconto TecMundo: