Se você adora inventar novas receitas ou criar pratos bonitos, cheios de enfeites e detalhes, provavelmente também gosta de registrar o que produziu. No entanto, fotografar alimentos pode ser uma tarefa um pouco mais complexa do que parece.

Mas não se preocupe! Selecionamos algumas dicas que podem ajudar você a fotografar as delícias da cozinha de maneira simples, mas com um resultado muito bom. E nada de câmeras profissionais e luzes de estúdio! É possível ter uma boa foto com a sua pequena câmera compacta.

Prepare o prato e o cenário!

Qual parte fotografar?

Antes de sair fotografando, vamos lembrar que para cada tipo de comida existe uma foto que é mais apropriada. Por exemplo: se você fez um bolo não decorado – como uma Nega Maluca – o ideal é fotografar apenas um pedaço do bolo, pois assim é possível ver mais detalhes da cobertura, do recheio e da massa.

Como fotografar alimentos

No caso de doces, tortas e bolos enfeitados –como os de casamento – uma foto que mostre o produto final inteiro é interessante e chama bastante atenção. Mas e um prato de comida? O famoso “arroz, feijão, bife e batatas-fritas”? Para refeições completas o ideal é produzir o prato, fazendo com que a disposição dos alimentos fique bonita e elegante.

Enfeite seu prato.

Escolha um local bem iluminado

Depois de definir qual será o assunto da foto – se pedaços, alimentos separados, ou um prato super enfeitado – escolha o local para fotografar. Em fotos de alimentos, em especial com câmeras compactas, o ideal é não fazer uso do flash.

Como a iluminação do flash de câmeras simples não possui regulagem há uma grande chance de que a imagem fique chapada, perdendo o contraste. Além disso, o fundo pode ficar escuro, escondendo boa parte dos detalhes.

Sem flash.  Com flash.

A diferença entre a imagem sem e com flash.

Portanto, prefira fotografar de dia e utilize luz natural, vinda de uma janela ou fotografe do lado de fora da casa. É possível sim fazer uma boa foto de alimentos utilizando o flash, mas isso requer um pouco mais de conhecimento técnico sobre a câmera e sobre fotografia.

Refletindo a luz da janela.Uma dica bacana é produzir o reflexo da luz. Caso você utilize a luz vinda da janela, por exemplo, um lado do prato pode ficar na sombra. Para resolver isto, utilize um papel branco ou pedaço de isopor para refletir a luz de volta no alimento, como no exemplo ao lado.

O cenário também é importante!

Outro detalhe que faz toda a diferença entre uma foto de boa ou má qualidade é o cenário. Pensando em uma fonte de luz natural, é possível escolher um local bem iluminado de sua cozinha, ou uma mesa, com uma toalha bonita.

Perceba que muitos detalhes ao fundo da fotografia – como uma toalha super estampada – podem tirar atenção do foco principal que é o alimento. Uma outra dica é utilizar uma cartolina para produzir um fundo infinito. Você coloca o papel apoiado na mesa e cola uma parte na parede, para reproduzir um efeito como na foto abaixo:

Fundo infinito.

Composição da foto

Para uma foto bonita, todo detalhe é importante! Por esta razão, pense bem no ângulo que vai fotografar. É interessante não deixar espaços em branco, preenchendo a foto com a imagem do alimento.

No caso de um prato produzido, é possível fotografar ele inteiro ou selecionar pequenos detalhes para os quais deseja chamar atenção. Se você quer fotografar um docinho, por exemplo, pode fazer uma boa foto com vários doces e preencher a imagem, ao invés de fotografar só um.

Doces.

Pratos, travessas ou pedaços de comida muitos grandes são mais difíceis de fotografar e, principalmente, de captar detalhes. Se você optar pela simplicidade e por pratos menores, a chance de sucesso é maior.

Fotografe a vontade!

Esperamos que estas dicas ajudem a registrar suas pequenas obras de arte na cozinha. E se você tem uma ótima receita, não esqueça de compartilhar enviando para o Tudo Gostoso. E com belas fotos!

Cupons de desconto TecMundo: