Em determinadas situações, o tipo de linguagem que utilizamos com alguém pode trazer alguns desentendimentos. Por exemplo, quando enviamos e-mails para colegas de trabalho, nós corremos o risco de eles não interpretem essas mensagens do jeito que gostaríamos que interpretassem. Além disso, o uso errôneo e equivocado de palavras específicas pode alterar completamente o peso do texto, deixando mais cordial ou incisivo.

Como o peso do significado dessas frases não é analisado frequentemente, o pessoal da IBM Watson fez algumas pesquisas para desenvolver o chamado Tone Analyzer – ou Analisador de Tons, em tradução livre. Essa ferramenta (que ainda está em fase de testes) é capaz de verificar o teor das conversas em mensagens escritas, dizendo quais são os sentimentos predominantes nos parágrafos e dando sugestões de alterações, seja para deixá-los mais leves ou mais autoritários.

Um método para abordagens mais eficientes

O Analisador de Tons da IBM Watson lê todas as frases de um texto, classificando-as de acordo com tom social e emocional que elas carregam. Ele pode dizer quais são as porcentagens de sentenças negativas, positivas, raivosas, neutras e muitas outras especificações que compõem um quadro geral do sentimento dominante do texto. Além disso, o serviço também diz o quão confiante, analítico ou maleável você é nas suas colocações.

Por exemplo, o analisador pode sugerir mudanças de palavras para deixar um texto menos pessimista ao ser enviado aos colaboradores. A palavra decepcionado pode ser trocada por insatisfeito e dificuldade por desafio. Contudo, o software não é capaz de realmente entender o conteúdo das mensagens, só de analisá-las independentemente. Portanto, termos que não sejam necessariamente negativos podem ser apontados como ruins.

A ideia do Analisador de Tons é ajudar as pessoas a escrever conteúdos que estejam de acordo com as suas necessidades e intenções. A ferramenta ainda está em fase experimental e diversas melhorias devem ser adicionadas, porém já é possível utilizar o Tone Analyzer para você realizar análises simples, no próprio site da IBM Watson. Para tanto, clique aqui.

Por enquanto, o serviço só é compatível com o idioma inglês, mas se fizer sucesso quem sabe nós o encontremos disponível em outras línguas também. E então, o que você acha desse analisador de palavras? Comente no Fórum do TecMundo.

Cupons de desconto TecMundo: