Watson é o supercomputador mais inteligente da atualidade (Fonte da imagem: Reprodução/CNet)

O supercomputador Watson da IBM tem chamado muita atenção por conta da sua capacidade de processamento contextual. É como se você juntasse o poder de processamento de dados de um computador com a capacidade de entender a linguagem humana que qualquer pessoa tem.

Por isso, a criação da IBM deve receber em breve uma tarefa ambiciosa e bastante honrosa. Watson vai analisar dados genéticos de alguns pacientes com câncer no cérebro e avaliará qual tratamento com medicamentos é o mais adequado para cada situação.

De acordo com a IBM e com o New York Genome Center, há muitos medicamentos que podem ser usados em tratamentos para o câncer, mas a dificuldade é realmente encontrar o que mais combina com cada paciente. Eles estão até falando que esse é o tipo de tarefa perfeita para Watson, que pode conferir grandes quantidades de dados e, ao mesmo tempo, entender e avaliar os resultados que encontra.

Os primeiros testes com a avaliação de medicamentos para pacientes com tumores no cérebro devem ser feitos com Watson ainda neste ano, mas uma data específica não foi anunciada. Não há também relatos de quais pacientes serão os primeiros a terem seus códigos genéticos avaliados pelo supercomputador inteligente. Quando começar a recolher resultados satisfatórios, a IBM pretende compartilhar esses dados com a comunidade médica no mundo inteiro.

Cupons de desconto TecMundo: