O supercomputador Watson da IBM é um dos mais avançados sistemas digitais já criados em todo o mundo. Ele foi desenvolvido para permitir que estudiosos e cientistas dos Estados Unidos façam cálculos em velocidades muito altas — há planos para encontrar formas de erradicar oito tipos de câncer diferentes. Agora, a própria IBM anuncia que está fazendo um novo investimento de US$ 1 bilhão no projeto.

Com isso, o supercomputador passa a ser parte do Watson Business Group, que é “dedicado unicamente ao desenvolvimento e comercialização de inovações cognitivas baseadas em nuvens”. Essa divisão da IBM ficará em Manhattan, sendo focada na aplicação de diversos elementos pesquisados pelo supercomputador para melhorias em tecnologias de manutenção de saúde, finanças, telecomunicações e várias outras finalidades.

Cupons de desconto TecMundo: