A IBM já foi uma das maiores empresas de tecnologia de todo o mundo. Embora ela ainda seja muito relevante para o cenário mundial, os seus ganhos não são mais os que os investidores desejam. Para reverter esse quadro que não parece muito animador, há relatos de que a companhia estaria com um projeto de reestruturação comercial. Isso envolveria cerca de US$ 1 bilhão.

E parte desse projeto pode envolver a demissão de muitos funcionários. Estima-se que cerca de 8 mil pessoas vão ter seus postos de trabalho extintos pelos altos executivos da IBM. Dessa quantidade de demissões, 1.600 já teriam sido realizadas nos Estados Unidos — o que inclui 165 trabalhadores da área de pesquisa de chips e 121 do desenvolvimento de tecnologias de armazenamento.

Segundo o Bloomberg, além dos Estados Unidos, é esperado que a Europa também sofra vários cortes de pessoal. Pelo site Endicot Alliance, é possível ver todos os postos que já foram cortados pela IBM. Ainda não se sabe quais serão os próximos passos da empresa nessa luta contra as perdas financeiras.