(Fonte da imagem: Divulgação/Warner Bros)

O filme “2001: Uma Odisseia no Espaço” é considerado até hoje um dos mais importantes da história do cinema. A produção dirigida por Stanley Kubrick no final da década de 60 retrata um computador, na verdade a inteligência artificial de um ônibus espacial, que se rebela e assume o controle.

O nome da máquina HAL é uma referência direta à empresa IBM (as letras “H”, “A” e “L” são imediatamente anteriores no alfabeto às letras “I”, “B” e “M”). Por conta dessa proximidade na nomenclatura e do fato de que Stanley Kubrick havia solicitado uma espécie de consultoria técnica a respeito das máquinas, a empresa ficou bastante preocupada.

Essa revelação foi feita em algumas cartas, trocadas entre o diretor e um dos seus produtores, que intermediava a participação no negócio. “A IBM sabe que a história trata de um computador psicótico? Eu não quero que haja mal-entendidos, quero saber exatamente como está a situação com a IBM”, escreveu Kubrick.

A resposta foi a seguinte: “A posição da IBM é que ela não quer ser associada em hipótese alguma com o equipamento, mas caso o nome seja relacionado nos créditos finais está tudo bem”. A troca de correspondências está exposta no Los Angeles County Museum of Art, nos Estados Unidos. 

Cupons de desconto TecMundo: