A IBM e a BMW juntaram forças para fazer com que os carros estejam cada vez mais conectados. A ferramenta para isso foi produzida pela gigante de tecnologia e se chama CarData, baseado na plataforma de computação em nuvem Bluemix e que incorpora a ajuda do sistema de IoT e IA da empresa, o Watson, para fazer análise de dados.

Já a BMW vai fornecer os carros para que a tecnologia seja aplicada, o que deve funcionar de forma bem simples e nada invasiva. O sistema vai colar as informações de carros já registrados no aplicativo da marca alemã, o ConnectedDrive, e vai usá-las em outros serviços – tudo com a autorização dos proprietários e com armazenamento em nuvem.

A parceria entre a BMW e IBM existe há algum tempo: as duas marcas já trabalharam juntas no desenvolvimento das funções do Watson para IoT e interações com smart cities

Os serviços que poderão ser utilizados incluem o diagnóstico à distância dos veículos, já que concessionárias teriam acesso às informações antes mesmo do veículo chegar à garagem. As seguradoras também poderiam consultar um relatório mais detalhado dos hábitos de cada motorista – além das funções de GPS já existentes, que permitem que o veículo seja rastreado em tempo real.

Os dados ficam armazenados em um servidor da IBM e podem ser redistribuídos de lá para as demais empresas.

Por enquanto, o CarData só está disponível na Alemanha, mas a previsão é que outros mercados – e montadoras também, no que depender da IBM – recebam o serviço em breve.

Cupons de desconto TecMundo: