Análise de dados da previsão do tempo pode mudar os rumos do seu negócio

2 min de leitura
Imagem de: Análise de dados da previsão do tempo pode mudar os rumos do seu negócio
Avatar do autor

Será que vai chover no final de semana? Em um primeiro momento essa pode parecer uma pergunta despretensiosa vinda de quem vai passar seus dias de folga na praia. Entretanto, no mundo dos negócios, ter respostas precisas a questões dessa espécie pode fazer toda a diferença no faturamento no final do mês.

Oferecer esses dados para os consumidores é o papel da The Weather Company, a maior companhia privada do mundo que atua neste ramo. Ela é a proprietária de marcas como The Weather Channel e Weather Underground e responde a 13 bilhões de requisições de informações sobre o clima por dia.

Durante o IBM Insight 2015, o TecMundo teve a oportunidade de conversar com David Kenny, CEO da companhia que é uma das parceiras da IBM em seu mais novo serviço de insight de dados – que contará também com o Twitter. Ele falou sobre o futuro da empresa e as formas como ela pode auxiliar outras companhias com a sua base de dados.

Uma avalanche de dados

A The Weather Company produz cerca de 40 TB de dados por dia, volume que deve dobrar nos próximos dois anos. Entretanto, cerca de 80% desses dados produzidos não são processados, por duas razões simples: é muito caro dar conta de tudo isso e, mesmo que não fosse, não há um número suficiente de analistas disponíveis para utilizar esses dados.

David Kenny, CEO da The Weather Company: "Empresas poderiam minimizar prejuízos usando previsões climáticas antecipadamente"

Por conta disso, a parceria com a IBM parece vir em boa hora e criar uma via de mão dupla benéfica para ambas as companhias. “A IBM nos procurou para que pudéssemos incluir nossos dados na base de pesquisas do Watson porque eles podem ser úteis num espectro muito amplo”, explica David Kenny, CEO da The Weather Company.

Segundo ele, o modelo de parceria é excelente para ambas as empresas. “Nós não precisaremos aumentar nossa força de trabalho em vendas, por exemplo, algo que será feito pela IBM. Por outro lado, podemos ampliar a escala de alcance dos nossos dados e criar soluções ainda mais interessantes para os nossos consumidores no futuro”, completa o executivo. Caberá à IBM o papel de integrar essas bases de dados, e o Watson é a plataforma ideal para essa tarefa.

Previsões mais precisas

Graças aos dados providos pela The Weather Company, já é possível para muitas companhias cruzar informações e relacionar diversos aspectos do seu negócio com as condições climáticas. “Descobrimos que o volume de vendas de frutas, por exemplo, é maior em dias secos do que em dias úmidos. Percebemos ainda que a venda de sorvete é menor nas segundas e terças e cresce consideravelmente às sextas-feiras”, explicou.

Análises como essas podem impactar diretamente no rumo dos negócios. Aliás, prever com antecedência quais serão as condições climáticas em uma região pode fazer com que fornecedores e fabricantes mudem sua logística e trabalhem com estoques de produtos mais adequados às expectativas.

“Somente no ano passado, 60% das empresas norte-americanas afirmaram que tiveram prejuízos em algum momento por conta do mau tempo. Se elas tivessem previsões antecipadas e soubessem qual é o impacto do clima nos seus negócios, certamente poderiam ter evitado boa parte dos prejuízos”, explica David.

O TecMundo está em Las Vegas, nos Estados Unidos, para acompanhar todas as novidades da edição 2015 do IBM Insight. Portanto, fique ligado na nossa cobertura ao longo da semana.

O TecMundo viajou a Las Vegas para o IBM Insight 2015 a convite da IBM.

Cupons de desconto TecMundo:

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Análise de dados da previsão do tempo pode mudar os rumos do seu negócio