Em agosto, a Huawei avisou que seus planos para desenvolver mais dispositivos com sistema operacional Windows Phone tinham sido engavetados. Até aí tudo bem. A situação só ficou mais delicada quando, em uma entrevista publicada ontem (1), o chefe de relações públicas da empresa Joe Kelly deu algumas declarações polêmicas.

“Nós não ganhamos dinheiro com o Windows Phone. Ninguém ganhou dinheiro algum com o Windows Phone”, disse Kelly. A empresa lançou dois aparelhos com o sistema, o Ascend W1 e Ascend W2. De acordo com a empresa, a menos que o mercado mude, é improvável que ela retorne a usar o SO da Microsoft.

As estatísticas indicam que 70% das vendas da Huawei são feitas ao redor do mundo e apenas 30% no mercado norte-americano. A Microsoft estava tentando introduzir o Windows Phone de forma mais incisiva no mercado chinês e indiano, mas posicionamentos como esse não são um bom sinal.

Cupons de desconto TecMundo: