A iFixit é famosa por desmontar equipamentos eletrônicos e fazer avaliações que indicam o quão fácil é realizar reparos nos aparelhos. O gadget da vez foi o Huawei P9, que obteve uma nota bastante elevada para um smartphone – 7 de 10.

Os analistas encontraram um dispositivo com componentes modulares e acesso fácil à bateria, mas criticaram os parafusos pentalobe, que devem barrar o acesso às partes internas do celular à maioria dos usuários comuns que não têm kits de ferramentas em casa.

Dentro do aparelho, os técnicos da iFixit encontraram alguns componentes similares aos vistos no iPhone 6s, como a antena, as bordas chanfradas e o alumínio escovado. O Huawei P9 também possui um sensor biométrico similar ao do Nexus 6P, e os componentes modulares lembram a arquitetura do Nexus 5X.

Carcaça dissipadora 

A placa-mãe possui uma quantidade de pasta térmica acima da média, mas isso se deve ao fato de que os engenheiros projetaram a carcaça metálica como um dissipador térmico que ajuda a manter os componentes mais frios. Entre as peças internas não há cola, soldas nem nada que impeça a substituição das partes.

O conector jack e a porta USB Type-C podem ser removidos sem ter que lidar com soldas. Contatos de mola ligam o auricular ao conjunto da tela e a bateria é segurada em seu lugar com abas adesivas que não atrapalham em nada a substituição.

A iFixit comentou que o conjunto da tela é fundido e, portanto, a substituição exige uma desmontagem completa do telefone. Apesar disso, a nota geral é bastante positiva e o último flagship lançado pela Huawei é um dos smartphones com melhor índice de reparabilidade do mercado.

iFixit desmonta Huawei P9 e elogia o conjunto modular Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: