"Havia lugares que estavam além do nosso alcance. Paisagens nunca antes vistas. Eles nos chamaram e nos trouxeram até aqui. Um mundo dentro do nosso próprio, selvagem e sem fim. Bem-vindos a uma nova realidade". Essas são belas palavras que descrevem o HTC Re Vive, os óculos de realidade virtual da HTC concebidos em parceria com ninguém menos que a Valve, criadora do Steam, Half-Life e Portal, para citar apenas alguns.

Esse dispositivo foi uma das grandes surpresas desses primeiros momentos da MWC 2015, algo inesperado uma vez que nada havia vazado até agora. Quer saber como esse dispositivo que promete revolucionar a realidade virtual e não causar náuseas funciona? Então se segure na cadeira e prepare-se para conhecer o HTC Re Vive.

As imagens

Para encher os olhos dos consumidores, duas telas de 1200x1080 pixels vão estar diante de cada uma das lentes do HTC Re Vive. Além disso, as imagens exibidas vão ter um taxa de atualização de 90 quadros por segundo, mostrando cenas realísticas que vão preencher todo o campo de visão e eliminando as falhas perceptíveis que estão presentes em outros óculos de realidade virtual.

O som

O headset da HTC+Valve vai permitir que os consumidores conectem o seu fone de ouvido favorito ao dispositivo em um ponto estrategicamente localizado. A descrição, por enquanto, faz referência à edição de desenvolvimento, mas é muito provável que essa funcionalidade seja mantida na versão final.

O rastreamento

O giroscópio, o acelerômetro e o sensor a laser combinados prometem oferecer uma rastreamento muito preciso de todos os movimentos da cabeça de quem estiver usando o HTC Re Vive. Captando tudo o que acontece no eixo vertical e horizontal com os mais de 70 sensores, os criadores do dispositivo garantem conseguir rastrear os movimentos com a precisão de um décimo de grau – o que é algo certamente impressionante.

Os controles

Controles ergonômicos para cada uma das mãos vão completar o pacote e permitir aos usuários interagir com objetos do mundo virtual. A aplicação não poderia ser outra se não os jogos, prometendo uma imersão nunca antes vista para os games.

Nada de náuseas

Como já foi dito, o HTC Re Vive promete não causar náuseas às pessoas que estiverem utilizando o dispositivo. Essa era uma queixa comum de quem usava o Oculus Rift, por exemplo. Para alcançar o feito, a taiwanesa disse que foi necessário preencher todo o campo de visão dos usuários, passando a verdadeira imersão aos que utilizam o headset. Além disso, de acordo com a empresa, o dispositivo é bastante leve, o que deve contribuir para não atrapalhar a experiência.

.....

Parece que mais um dispositivo competente veio para entrar na briga contra o Oculus Rift, Project Morpheus, Gear VR, HoloLens e muitos outros. O que você achou do HTC Re Vive? Será que ele vai conseguir bater de frente com os concorrentes?

Cupons de desconto TecMundo: