Poucos dias antes do início do Mobile World Congress 2016 (MWC), o site VentureBeat teve acesso ao que parecem ser as especificações finalizadas do HTC One M10 (também conhecido como Perfume). Com a promessa de ser o smartphone mais avançado já lançado pela companhia, o dispositivo deve adotar um display de 5,1 polegadas com tecnologia AMOLED e resolução QHD (2560x1440 pixels).

É provávwel que a fabricante continue apostando na interface HTC Sense, desta vez na versão 8.0 e tomando como base os recursos oferecidos pelo Android 6.0.1 Marshmallow. Internamente, o produto deve apresentar o chipset Snapdragon 820 com gráficos Adreno 530, 4 GB de memória RAM e capacidade de armazenamento de 32 GB (dos quais 23 GB devem estar disponíveis) — item que pode ser ampliado com o uso de cartões micro SD.

No campo das fotografias, a HTC deve apostar novamente em sua tecnologia proprietária UltraPixel após adotar uma solução mais convencional no One M8. A câmera traseira deve contar com um sensor 12-UltraPixels e uma solução de foco assistido por laser — ambas as lentes do dispositivo devem apresentar sistemas de estabilização ótica.

Especificações técnicas

  • Sistema operacional: Android 6.0 Marshmallow (com HTC Sense 8.0)
  • Tela: AMOLED de 5,1 polegadas
  • Resolução: 2560x1440 pixels (QHD)
  • Densidade de pixels: 576 ppi
  • Chipset: Snapdragon 820
  • GPU: Adreno 530
  • Memória RAM: 4 GB
  • Armazenamento interno: 32 GB (expansível com cartões micro SD)
  • Câmera principal: 12 UltraPixels com foco assistido por laser e sistema de estabilização ótica
  • Câmera frontal: sensor ainda não divulgado com sistema de estabilização ótica

Sistema BoomSound não deve ser usado

Segundo a fonte consultada pelo VentureBeat, a HTC aparentemente ainda não havia decidido qual seria o visual final do produto no momento em que tais informações foram obtidas. Também não foi esclarecido se os rumores que davam conta de que a versão asiática do smartphone vai apostar em um chipset MediaTek são verdadeiras.

Uma omissão importante do HTC One M10 é o sistema BoomSound, que não deve ser adotado pelo novo dispositivo. Até o momento, ainda não está claro qual vai ser a opção usada pela empresa nessa área, mas parece que o dispositivo não deve ter saídas de som estéreo em sua área frontal.

Por fim, a fonte consultada pelo site afirma que o novo smartphone deve ficar de fora do espaço ocupado pela companhia durante o MWC 2016. Espera-se que o produto seja revelado em um evento próprio cuja data deve ser divulgada pouco após a feira tecnologia, e somente lá é que devem ser revelados detalhes importantes, como data de lançamento e preço sugerido.

O que você espera do HTC One M10? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: