Durante evento realizado em Taipei (China), Jack Tong, presidente da HTC, disse que a alta demanda pelo Nexus 9 fez com que o departamento de produção da fabricante fosse expandido. Uma promoção realizada nesta semana no país colocou centenas de unidades do aparelho à venda com desconto de 50%; as encomendas foram tantas que o setor de fabricação da HTC teve “problemas” em seu estoque.

A empresa não confirmou a relação entre a oferta e a decisão de se expandir seu departamento de produção. É bastante provável, porém, que o esgotamento de unidades do Nexus 9 tenha de fato motivado a nova estratégia da HTC.

Apesar do sucesso de vendas, Tong observou que o setor de tablets está saturado e em declínio. Pode-se dizer, assim, que a HTC foi pega de “calças curtas” em função do sucesso inesperado de produto. O Nexus 9 é o primeiro tablet com Android 5.0 Lollipop. O dispositivo conta com um processador de 64-bits Tegra K1 de 2,3 GHz, GPU Kepler DX1 e também com 2 GB de RAM. A conectividade LTE do aparelho deverá fazer com que o Nexus 9 seja compatível com a rede brasileira (saiba mais aqui).

Cupons de desconto TecMundo: