Não houve muito alarde antes desse anúncio, mas a HTC acaba de revelar um novo aparelho de alto nível para o mercado internacional. Trata-se do HTC 10, que surge como o novo flagship da empresa taiwanesa e apresenta uma modificação bem interessante em relação aos modelos anteriores — trazendo alterações de design e recursos muito legais no interior do aparelho.

Vale ressaltar algo que você já deve ter percebido: o HTC 10 deixa de lado a letra “M” dos nomes — algo que acompanhou o dispositivo em vários lançamentos realizados nestes últimos anos. Confira agora mesmo um pouco mais sobre o smartphone, que deve ser colocado oficialmente no mercado durante o mês de maio.

Design e tela

Não houve uma renovação total no design dos aparelhos, mas é possível ver uma certa mudança. O HTC 10 trouxe corpo único de alumínio que mesmo com tela grande consegue pesar apenas 161 gramas. As dimensões são bem interessantes, com espessura de 9 milímetros, tornando-se uma boa opção de portabilidade.

O HTC 10 ostenta uma tela Super LCD5 de 5,2 polegadas, sendo que a resolução de 2560x1440 pixels deve proporcionar excelentes resultados para quem quer reproduzir vídeos ou jogar games de alta qualidade. Graças às dimensões e resolução, o aparelho apresenta densidade de 565 pixels por polegada — algo que garante imagens bem nítidas e definidas. O display ainda é protegido com Gorilla Glass 4.

A tela de alta resolução garante bons resultados para multimídia e jogos

Hardware de elite

A HTC é conhecida por equipar seus flagships com hardware de ponta. Com o HTC 10, a história não é nada diferente. O aparelho chega com processador Qualcomm Snapdragon 820 com os mesmos recursos vistos no Galaxy S7 da Samsung — incluindo os mesmo clocks máximos e capacidades de GPU, graças à Adreno 530 que faz parte deste chipset.

No quesito memória RAM, o HTC 10 também faz frente aos grandes nomes do mercado e traz 4 GB com a tecnologia LPDDR4, com total capacidade de manter vários aplicativos rodando ao mesmo tempo e sem trazer travamentos para os dispositivos. Junto a tudo isso, ainda podemos destacar a capacidade de armazenamento dele: são opções de 32 GB ou 64 GB — com capacidade externa para até 2 TB.

Especificações técnicas

  • Sistema operacional: Android 6.0.1 Marshmallow
  • Tela: Super LCD5 de 5,2 polegadas
  • Resolução: 2560x1440 pixels
  • Densidade de pixels: 565 ppp
  • Processador: Qualcomm Snapdragon 820 octa-core
  • Clock de processamento: 2,15 GHz
  • GPU: Adreno 530
  • Memóra RAM: 4 GB
  • Memória de armazenamento: 32 GB ou 64 GB
  • Expansão de memória: até 2 TB
  • Câmera traseira: 12 MP
  • Câmera frontal: 5 MP
  • Bateria: 3.000 mAh
  • Preço sugerido: US$ 699

Câmera e bateria

Um dos grandes destaques do HTC 10 fica por conta de sua câmera digital integrada. O aparelho traz sensor com Ultra Pixel 2, que utiliza pixels de 1,55 mícrons e garante muito mais suavidade nas capturas. Além de poder registrar imagens com até 12 megapixels, há ainda abertura f/1.8, estabilização ótica, foco automático por laser e capacidade de gravação de vídeos em resolução 4K.

No módulo frontal, o HTC 10 pode capturar fotografias com 5 megapixels e ainda conta com abertura f/1.8. A diferença está no tamanho dos pixels, que na câmera frontal são um pouco menores e surgem com 1.34 mícrons.

O aparelho traz sensor com Ultra Pixel 2, que utiliza pixels de 1,55 mícrons

Quanto à bateria, o aparelho traz 3.000 mAh para a capacidade máxima e promete até dois dias de utilização moderada sem a necessidade de carregamentos. Caso isso seja necessário, o aparelho ainda oferece recarga rápida graças ao conector USB Type-C — que acelera o processo de carregamento das baterias.

Software e recursos adicionais

O Android Marshmallow é o grande responsável pelo funcionamento do HTC 10, mas é claro que a fabricante também apostou em alguns detalhes novos no HTC Sense — a interface de usuário utilizada no aparelho. A HTC promete mais leveza no funcionamento do software, garantindo que o dispositivo seja mais fluido do que alguns modelos anteriores.

Houve ainda a chegada do HTC Zoe e do Blinkfeed, dois softwares bem legais para os consumidores. O primeiro é um aplicativo para curadoria e gerenciamento de fotografias adicionadas ao smartphones; enquanto o segundo é responsável pela administração de feeds de notícias.

A HTC promete mais leveza no funcionamento do software HTC Sense do que a vista em edições anteriores

Quando chegamos ao modo multimídia, mais uma vez a HTC mostra preocupação com quem utiliza o dispositivo para filmes e música. Para isso, apresenta uma nova geração do HTC BoomSound, que traz mais profundidade de graves ao speaker frontal. Há também saída de 1 volt para os fones de ouvido conseguirem aproveitar o melhor das músicas salvas no dispositivo.

 Preço e disponibilidade

Em alguns mercados selecionados da Europa, Estados Unidos e Ásia, o HTC 10 já está em pré-venda e pode ser adquirido pelo valor de US$ 699 (R$ 2.472), sendo que as entregas devem começar no mês de maio — ainda sem data exata definida. Quanto ao mercado brasileiro, não deve ser possível encontrar o dispositivo oficialmente, uma vez que a HTC não comercializa seus produtos por aqui.

......

Você gostaria de ver a HTC de volta no Brasil? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: