(Fonte da imagem: Reprodução/The Verge)

Não é de hoje que a Hewlett Packard vem enfrentado problemas. A queda das vendas no mercado de computadores pessoais pode ter sido um dos fatores que influenciaram na decisão do antigo CEO Leo Apotheker de fechar a divisão de PCs da companhia.

Contudo, o quadro de diretores não concordou muito com as decisões gerenciais do executivo e acabou tirando ele do cargo. Em seu lugar, entrou Meg Whitman, que prometeu salvar a HP promovendo a reestruturação completa de todos os setores.

Como essa reestruturação não deve ser algo rápido de acontecer, o quadro de diretores pode estar pensando em dividir alguns setores da empresa, algo que poderia animar a perspectiva (e o bolso) dos acionistas da HP.

Divisão da empresa ou reestruturação?

Por outro lado, o site All Thing D ouviu outras fontes ligadas à empresa que garantiram que esse plano está fora de questão, principalmente porque a CEO garantiu que dividir a companhia não seria a escolha mais sábia para resolver os problemas. Segundo ela, “tudo deve permanecer, pois todas as peças se encaixam”.

Mesmo que Meg Whitman continue otimista em relação ao sucesso da reestruturação, é provável que a opção de dividir a empresa continue em pauta por mais algum tempo. Ela só deve ser engavetada de vez quando (ou se) todos os problemas da HP forem definitivamente resolvidos. Até lá, só nos resta esperar e torcer para que a HP consiga resolver todos os problemas.

Cupons de desconto TecMundo: