Certamente, uma das maiores revelações – se não a maior delas – do evento da Microsoft que aconteceu hoje (21) foi o HoloLens. O vídeo de apresentação do produto deixa claro que essa é uma iniciativa da companhia que pretende ir “além”, aproveitando algo que não é novidade em nossa sociedade, mas que foi apresentado de uma forma surpreendente: hologramas.

“Pela primeira vez na história, o Microsoft HoloLens combina perfeitamente hologramas de alta definição com o seu mundo real. Os hologramas vão aprimorar a maneira que você vê as coisas todos os dias e permitir que você faça coisas que nunca fez antes”, lê-se na descrição do vídeo de apresentação desses óculos inteligentes.

Microsoft HoloLens

HoloLens, um computador holográfico

A descrição do HoloLens é simples, mas audaciosa: “o computador holográfico mais avançado do mundo que você já viu”. O produto é, de fato, uma máquina completa, contando com uma CPU, uma GPU e um processador holográfico que inaugura uma nova categoria de componentes, o Holographic Processing Unit (HPU).

Com a capacidade de reproduzir som de forma uniforme e em todas as direções, o HoloLens garante que a pessoa vai poder ouvir até mesmo o áudio reproduzido holograficamente em suas costas. Bacana, não é mesmo?

Aplicação do Microsoft HoloLens

Aplicações do Microsoft HoloLens

A primeira aplicação que nos vem ao pensamento, provavelmente, é o entretenimento. Afinal, imaginar-se em uma sala cheia de hologramas que conseguem simular perfeitamente um campo de batalha ou o território de outro planeta é algo que apenas permeava a nossa imaginação. Ver isso em prática (mesmo em vídeos que são conceitos) é muito interessante.

“Nós imaginamos o mundo em que a tecnologia possa se tornar mais pessoal. Um lugar onde ela poderia adaptar-se às formas naturais como nós nos comunicamos, aprendemos e criamos. O resultado é a plataforma de computação holográfica mais avançada do mundo, habilitada através do Windows 10. Transforme o seu mundo com hologramas”, lê-se na descrição do vídeo abaixo em que alguns dos envolvidos no projeto falam sobre o HoloLens.

Como aplicações práticas para esse produto, a Microsoft imaginou a realização de projetos profissionais, como a gestão facilitada de plantas de arquitetura ou o design de produtos. Na área médica, seria possível ensinar conceitos à estudantes com hologramas sem ao menos tocar em um cadáver ou corpo vivo.

Mas a companhia também imaginou a simples projeção de telas interativas, que funcionariam como o próprio display do computador/tablet/smartphone, mas projetado em qualquer superfície. E, já que essa seria uma “cópia” da tela de um PC, tudo o que a máquina faz poderia ser feito com a ajuda do HoloLens: conversar pelo Skype, assistir vídeos, conferir a previsão do tempo e muitos mais.

Aplicação do Microsoft HoloLens

E quando vai chegar?

Apesar de ainda estar em fase inicial de desenvolvimento, a promessa é de que o HoloLens chegue ao mercado dentro do “tempo de vida” do Windows 10. Ou seja, é provável que tenhamos a oportunidade de testar esse produto antes de vermos uma nova evolução do sistema operacional.

De acordo com o CEO da Microsoft, Satya Nadella, o HoloLens vai ser disponibilizado para o mercado empresaria e para os consumidores comuns. Portanto, resta-nos esperar para ver quais vão ser os verdadeiros impactos desse produto no mercado e no nosso dia a dia.

Microsoft HoloLens

Cupons de desconto TecMundo: