Esqueça a ideia de que a holografia tridimensional é coisa de filme de ficção científica. Uma empresa japonesa conseguiu desenvolver uma tecnologia que, apesar de não ser como a que estamos acostumados a ver nos cinemas, mostra que o futuro pode ser bem promissor em relação a esse tipo de recurso.

Como pode ser visto no vídeo acima, a Burton Inc. desenvolveu uma forma de fazer com que raios lasers “planem” no ar sem o auxílio de outros equipamentos como telas e superfícies transparentes. Batizada de Aerial 3D, a novidade se destaca exatamente por permitir a projeção de imagens tridimensionais no “nada”.

Na verdade, o que acontece é uma transformação física da umidade do ar a partir de um superaquecimento dos gases presentes na atmosfera, criando um plasma luminoso que nos dá a sensação de que estamos diante de um holograma. Segundo um dos engenheiros responsáveis pelo projeto, Hayato Watanabe, outra vantagem do Aerial 3D é que ele realmente cria imagens em três dimensões, ao contrário das demais tecnologias com a mesma proposta.

De acordo com a Burton, o próximo passo é evoluir a frequência de atualização da imagem, que hoje está entre 10 e 15 quadros por segundo. Segundo a companhia, a ideia é elevar esse número para uma faixa de 24 a 30 quadros, equiparando-se com a TV e o cinema.

Cupons de desconto TecMundo: