Algumas publicações internacionais de sites especializados, como a do site TweakTown, em PCs trouxeram muita polêmica no que se refere ao comportamento dos processadores e placas de vídeo, quando utilizados em altíssima resolução.

Parece que toda uma tendência vem crescendo em direção ao 4K (3840 × 2160), sonho de consumo que hoje aparece ainda distante para os “pobres mortais”, mas que deve cair de preço com o aumento da produção e popularidade.

Testes internacionais mostraram que, nessas condições, o simples AMD FX8350 teve um resultado impressionante e, por vezes, conseguiu superar o Intel Core i7 4930K, muito mais caro e poderoso, mesmo que tenha que “empurrar” duas poderosas placas de vídeo, como as GTX 980 da NVIDIA.
A polêmica fica ainda mais inflamada porque em full HD (1920 x 1080), com a marca mais “utilizada” pelo público gamer de PCs, a história é bem diferente.

Segundo Ronaldo “rbuass” Buassali e Jacson “bros” Schenckel, que já demonstraram ter muito conhecimento na área, isso pode ocorrer por vários motivos. Sendo assim, os dois pretendem investigar tal polêmica.

“É sabido que resoluções mais altas promovem maior requisição de trabalho das placas gráficas. Temos observado e monitorado o comportamento dos sistemas em diferentes condições, coletando dados para achar as conclusões”, comentou Buassali.

“Muitas coisas devem ser levadas em consideração, partindo das instruções dos processadores (por exemplo a AVX2 que não estava presente em processadores anteriores), até o fato do IPC (Instructions Per Cicle), mais eficiente no Intel, estar literalmente “roubando” o trabalho que seria executado de melhor forma pelas gráficas (processar os quadros dos jogos). Toda novidade como essa é um grande incentivo para a nós, pois gostamos desse tipo de desafio”, complementou o expert.

Dessa forma, a equipe do TecLab estará mais uma vez ao vivo, com o seu “Câmera Aberta”, preparando os equipamentos para “decifrar” o que ocorre. Acompanhe, hoje, dia 27 de fevereiro de 2015, às 15:40 através do vídeo acima e descubra como as duas marcas se saem em alguns testes reais e comprovados com streaming em tempo real.

Cupons de desconto TecMundo: