Você sabia que é muito fácil trocar o drive de DVD do computador? Mas por que você faria isso? Existem muitas possibilidades. Você pode ter adquirido um computador que não possui leitor de mídia óptica ou o seu drive pode estar danificado. Você pode também querer trocar o seu drive de DVD por um leitor de Blu-ray e, assim, assistir a filmes em Full HD no computador.

Esse trabalho pode ser feito em poucos minutos, sem que você precise recorrer a um técnico especializado.

Os drives de CD, DVD e Blu-ray possuem o mesmo formato e utilizam a mesma interface, portanto, o processo de instalação é o mesmo para os três. Os leitores são conectados por um cabo de força vindo diretamente da fonte de alimentação e por um cabo de dados que se conecta na placa-mãe.

O cabo de dados pode ser SATA, no caso dos drives mais novos, ou IDE, no caso dos mais antigos. Veja na imagem como são os dois modelos. O primeiro é o IDE, e o segundo é o SATA.

Conectores IDE e SATA(Fonte da imagem: Reprodução/Wikimedia)

Antes de escolher o drive para a sua máquina, é preciso saber qual o modelo correto. Apesar de a maioria dos computadores mais modernos possuir conectores SATA, em alguns casos você só vai encontrar a interface IDE disponível.

Descobrir o modelo do drive, a interface ou o tipo de conexão que você pode fazer é muito simples. Basta abrir o computador e procurar o conector na placa-mãe.

Veja como são as portas SATA e IDE na placa-mãe.

Portas de conexão SATA e IDE (Fonte da imagem: Reprodução/Wikimedia)

Alguns computadores possuem as duas interfaces disponíveis. Se esse for o seu caso, escolha sempre o SATA, que é mais moderno e possui mais recursos, além de permitir uma transferência de dados mais rápida.

O drive também precisa de energia para funcionar. Para isso, ele deve ser conectado diretamente na fonte de alimentação, que também deve ter um conector disponível. Nesse caso, os modelos SATA e IDE também diferem — veja como são os dois modelos.

Cabos de alimentação SATA e IDE (Fonte da imagem: Reprodução/Wikimedia)

O cabo de dados não vem junto com o drive. Caso você esteja adquirindo um equipamento novo, lembre-se de pedir ao vendedor um cabo compatível.

Instalando um drive novo

O primeiro passo é soltar todos os cabos do computador, incluindo teclado, mouse, caixas de som e, principalmente, cabo de força. Feito isso, remova os parafusos da parte traseira do gabinete.

Em seguida, retire as duas tampas laterais. Lembre-se de segurar uma parte sem tinta do gabinete antes de mexer nos componentes, para descarregar a eletricidade estática do seu corpo.

Agora, é preciso encontrar espaço para acomodar o drive. A maioria dos gabinetes possui até quatro baias para acomodar componentes desse tipo. Você pode posicionar o drive em qualquer uma delas sem problemas. O mais comum é que ele fique na de cima, por ser esteticamente mais agradável. Feito isso, parafuse o equipamento no lugar. É importante prender muito bem dos dois lados para que ele não sofra com as vibrações durante o uso.

(Fonte da imagem: Tecmundo)

Depois de fixar muito bem o drive, vamos conectar os cabos. Prenda o cabo de força e, logo em seguida, o cabo de dados, que deve ser conectado posteriormente na placa-mãe. Em seguida, recoloque as tampas laterais, monte o computador e ligue a máquina.

O sistema operacional deverá reconhecer e instalar o leitor automaticamente. Caso isso não aconteça, pode ser que o cabo de força ou de dados não tenha sido conectado corretamente. Refaça todos os passos até descobrir onde está o problema.

(Fonte da imagem: Tecmundo)

Trocando o drive

O procedimento para se trocar um drive é similar ao anterior. A única diferença é que você deve remover o drive antigo antes de colocar um novo. Os cabos e parafusos podem e devem ser reaproveitados sempre que for possível, a não ser que você esteja mudando de interface de conexão.

Tendo o drive em mãos, vamos abrir o computador. Removemos os parafusos, soltamos as tampas laterais e desprendemos os cabos conectados ao drive. Soltamos os parafusos que seguram o drive e o empurramos para fora.

Em seguida, posicionamos o novo componente no lugar do antigo e prendemos tudo com muito cuidado. Assim que o computador for ligado, o componente deverá ser reconhecido automaticamente.

Gabinetes Dell

Um detalhe importante: alguns computadores, principalmente os fabricados pela Dell, possuem encaixes diferenciados no gabinete. A maioria deles tem conectores que se adaptam aos drives. Veja este modelo.

(Fonte da imagem: Tecmundo)

Todos eles possuem travas que precisam ser soltas para que você possa acomodar o drive no local. Geralmente, elas se encontram próximas ao lugar onde fica o componente. Basta prestar atenção e você não deve encontrar maiores dificuldades.

Instalando mais de um drive de uma vez

Você pode instalar mais de um drive ao mesmo tempo no computador. Basta que tenha espaço na placa mãe para conectá-lo e um lugar no gabinete para que o equipamento possa ser acomodado. Todo o procedimento é o mesmo.

Cupons de desconto TecMundo: