Algumas obras nasceram de cara virada para a perfeição e, portanto, dificilmente podem ser melhoradas. Na verdade, nem se trata disso: talvez elas não precisem ser melhoradas e já satisfazem nossos exigentes anseios do jeitinho que são. GTA 5 é uma dessas obras: é um jogo atemporal que cravou seu nome na história – e só ajudou a consagrar ainda mais a Rockstar, já idolatrada pelos jogadores.

O título, lançado no final do ano passado, é o famoso “dispensa comentários”. O mundo aberto concebido pela franquia desde os seus primórdios alcançou o ápice num mapa gigantesco, com zilhões de coisas para fazer e um audacioso trio de protagonistas que fizeram muitos morderem a língua. Eu inclusive, que não acreditava que essa dinâmica poderia dar certo. Mas deu, e vejam aí na nossa análise: é um jogo nota 100.

Só que a nova geração batia à porta e chegou às nossas vidas pouco depois de GTA 5. Percebam que, no começo, ninguém chegou a cogitar uma eventual versão do game para as novas plataformas. Até porque, convenhamos, a Rockstar não é de fazer isso. Vide a trilogia da geração retrasada (GTA 3Vice City e San Andreas), que nunca recebeu uma versão em HD. Até existem melhorias gráficas no PC, sim, mas não há um pack oficial da Rockstar com os três jogos em HD – e os jogadores suplicaram por isso, mas nada aconteceu.

No entanto, esse negócio de portar títulos para a próxima geração vingou, e as desenvolvedoras começaram a mexer seus pauzinhos para entregar as experiências – já inesquecíveis – em cenários com mais texturas, animações com riqueza de detalhes e melhorias técnicas (resolução e taxa de quadros por segundo). Dessa vez, a Rockstar deixou de lado seu tradicionalismo e também entrou na onda ao anunciar, na pré-conferência da Sony para a E3 2014, que GTA 5 está a caminho do PS4, Xbox One e PC.

Se o jogo já apresenta um mundo vasto, lindo, vivo e carismático no PS3 e no Xbox 360, as perguntas que giram em órbita em nossas cabeças agora são: “Imagine tudo isso na nova geração? O que pode ser melhorado? Será que teremos novidades?”. Acredite: tudo que já era bom vai ter um gostinho ainda melhor. Vejamos o que Los Santos vai nos trazer na nova geração:

1. Gráficos superiores que vão dar ainda mais vida a Los Santos e Blaine County

Essa é obviamente a mudança mais notável e talvez uma das mais relevantes, visto que os gráficos constituem, hoje, um quesito de suprema exigência na indústria. O vídeo abaixo faz um breve comparativo das diferenças gráficas de cada versão (PS3 e PS4, no caso).

Observem que os cenários estão muito mais preenchidos e com um número muito maior de NPCs. Os detalhes se refletem em outros aspectos técnicos também: iluminação, expressões faciais, design geral dos personagens e dos carros foram todos melhorados. As planícies e regiões montanhosas estão com chanfradura mais precisa e os recortes curvilíneos das extremidades estão absolutamente refinados.

Isso tudo promove uma vista panorâmica ainda mais bela de Los Santos e Blaine County, que terão mais realismo, mais vida, mais naturalidade. E o Trevor vai adorar explorar essa nova natureza. A resolução e a taxa de quadros por segundo ainda não foram confirmadas pela Rockstar, mas o voto vai para os 1080p rodando a 30 fps, que já estaria ótimo para um mundo de jogo dessa magnitude.

2. Transferência de todo o seu progresso em GTA Online

O modo online de GTA 5, que é praticamente um “jogo à parte”, foi épico. Ou melhor, é. O mundinho multiplayer criado pela Rockstar é a experiência definitiva com a qual todos sempre sonharam, com uma vasta seleção de veículos, customização, arsenal atualizado, missões variadas, enfim, dá para classificar a empreitada como um autêntico MMOG de GTA.

A Rockstar já confirmou que os jogadores poderão transferir todo o seu progresso do PS3 ou Xbox 360 para a nova versão. Exatamente: tudo o que você acumulou com o seu suor estará ali, reformulado e readaptado para a nova geração, intacto! O multiplayer, aliás, deve ser consideravelmente melhorado.

3. Multiplayer com desempenho refinado e sem bugs

Claro que é sempre arriscado dizer que um jogo estará sem qualquer bug, pois isso é um processo natural da engenharia de programação no desenvolvimento de um título, mas a Rockstar já afirmou que vai refinar GTA Online ao máximo.

As versões para PS3 e Xbox 360 já entregam ótimas experiências, sim. No entanto, o multiplayer trouxe alguns probleminhas que foram (e estão sendo) ajustados com o tempo, principalmente na época do lançamento: quedas de conexão, dificuldade de equalizar a quantidade de jogadores acessando, lags e outros glitches. A Rockstar vai entregar a versão mais otimizada possível de GTA Online na nova geração.

4. Todo o conteúdo adicional existente estará incluso

Ainda estamos na torcida por um DLC single-player de GTA 5, mas, por enquanto, poderemos nos deliciar, na nova geração, com todas as atualizações que a Rockstar forneceu até agora, incluindo updates do modo Online, novos veículos, armas e customizações de personagens. Tudo isso, promete a desenvolvedora, estará disponível no “day one” e, é claro, sem qualquer custo adicional.

Além disso, há a promessa de muitos DLCs no forno, bem como mais novidades no componente online.

5. Gameplay com mais tempero e possíveis novidades

A jogabilidade de GTA 5 é um dos núcleos do game. A física compõe uma das principais vertentes do título – obrigado, tecnologia Havok –, e a Rockstar vai manter esse pilar intacto na nova geração, com possíveis aberturas para o acréscimo de algumas coisas graças aos recursos da nova geração.

Na versão para PS4, por exemplo, pode ser inclusa uma opção secundária na direção dos veículos: algo que brinque com o giroscópio embutido no DualShock 4. O Xbox One, por sua vez, tem o Kinect, que é sempre uma ótima opção para aproveitar comandos de voz e outras funcionalidades que podem ser uma mão na roda em GTA Online.

Claro que esse ainda é um cenário de possibilidades, e não certezas, uma vez que a jogabilidade de GTA 5 é perfeita por si só sem qualquer adição pomposa – o sal já está na medida certa, mas mexer com uma fórmula consagrada é algo que a Rockstar definitivamente sabe fazer. E nela confiamos.

Só isso? Não!

Os cinco fatores que enumeramos são certezas, porque, convém lembrar, pouco de GTA 5 para a nova geração foi divulgado até aqui. Não é segredo para ninguém que a Rockstar segura mais informação do que abraço de urso, e mais novidades são reveladas à medida que nos aproximamos do lançamento.

Mas a lista acaba aqui? É só isso que GTA 5 pode trazer para a nova geração? Nós esperamos mais. O BJ resolveu dar continuidade à lista e vai colocar, adiante, aquilo que ainda está incerto, mas que, do fundo de nossos corações, queremos que exista no GTA 5 da nova geração:

6. Animações dos personagens melhoradas

Eu digo, cito e repito: GTA 5 já é lindo no PS3 e no Xbox 360. Faça um tour de helicóptero pela cidade à noite e veja o belo trabalho de iluminação dedicado ali, com muito preenchimento, muitos NPCs, muitas texturas, muito tudo. A parte rural é igualmente linda também.

Os personagens têm expressões verossímeis no minucioso trabalho de captura facial que a Rockstar fez, e isso também pode ficar melhor na nova geração (não só os cenários). Quanto mais bonitos forem esses personagens, mais a composição geral do mundo de jogo ganha vida – e essa vida virtual é um adeus à vida social.

7. GTA Online sem desastres em servidores no começo

O primeiro dia em que GTA Online foi disponibilizado, em outubro do ano passado, foi um verdadeiro desastre. Servidores abarrotados não conseguiram dar conta da demanda, e isso resultou em lentidões, quedas e outros bugs que frustraram a comunidade. Eu mesmo esperei umas duas ou três semanas para a tempestade diminuir e começar a jogar com a devida paz.

Esperamos que o mesmo não role com o GTA 5 da nova geração, porque, convenhamos, o hype em torno do game está começando a tomar proporções colossais – isso que ele já foi lançado, hein! –, e a Rockstar vai ter um trabalhão para manter a estabilidade dos servidores, ao menos no começo. Esperamos que dê tudo certo.

8. Por favor, Rockstar, não torne as missões Heist exclusivas de uma plataforma (nem temporariamente)

Bem, todos pensávamos que a Rockstar disponibilizaria as missões Heist. Ela prometeu isso. Estamos esperando até agora... Sentados, deitados, estirados ao sol. Eu aposto que mesmo aqueles que alcançaram o nível 100 em GTA Online vão voltar só para fazer as missões Heist.

O que não pode acontecer é o modo ter um hype gigantesco a ponto de alguma espertinha – Sony ou Microsoft – querer negociar uma eventual exclusividade temporária. Cabe lembrar aqui que os DLCs de GTA 4, Lost and Damned e The Ballad of Gay Tony, chegaram ao Xbox 360 um ano antes do PS3. Refrescou a memória agora, não é? A negociação custou US$ 50 milhões à Microsoft. E, dessa vez, o anúncio de que GTA 5 chegaria à nova geração foi feito na conferência da Sony para a E3 2014... Muitos jogadores ficarão zangados se algo assim acontecer com as missões Heist. Rezemos para que isso nem passe pela cabeça da Rockstar.

9. Lancem GTA 5 para a nova geração este ano ainda!

“Fall 2014”. Esses são os dizeres do vídeo de anúncio de GTA 5 para a nova geração. E o período (outono de 2014 nos EUA, que rola no segundo semestre) deixa toda uma questão em aberto: qual é a data, afinal? Não ter um dia especificado dá margem para eventuais adiamentos.

O que preocupa é o fato de a Rockstar ter o hábito de adiar seus títulos. GTA 5, por exemplo, foi lançado quase quatro meses após a data original ter sido revelada – era para ter saído em junho de 2013 e acabou sendo lançado no dia 17 de setembro do mesmo ano.

Nunca é demais ressaltar também que a desenvolvedora declarou que “tem um jogo para lançar antes de março de 2015”. Que jogo é esse? Nada impede que esse “Fall 2014” eventualmente se transforme em “Spring 2015” (primavera nos EUA, que rola no primeiro semestre). Eu acho que isso não vai acontecer, mas também não duvido.

Grand Theft Auto 5 atualmente está disponível para PlayStation 3 e Xbox 360. PlayStation 4, Xbox One e PC são as próximas plataformas a receberem o título.

Via BJ

Cupons de desconto TecMundo: