(Fonte da imagem: Reprodução/Science Daily)

A utilização do grafeno na tecnologia parece não ter limites. Pesquisadores da Universidade Tecnológica de Nanyang (Singapura) afirmam estar trabalhando para desenvolver um sensor fotográfico revolucionário feito com o material. De acordo com os cientistas, a invenção é cinco vezes mais barata, mil vezes mais eficaz e usa dez vezes menos energia em comparação com os tradicionais sensores CMOS e CCD.

O destaque fica realmente para a altíssima sensibilidade do componente, que teoricamente o torna excelente para fotos em baixa luminosidade.

Embora estejam inicialmente sendo projetos para equipamentos de segurança e satélites de observação, tais sensores não devem demorar muito até serem empregados em câmeras comuns e até mesmo em smartphones (teoricamente, eles são mais leves e menores do que os utilizados atualmente na maioria dos celulares). O estudo científico pode ser lido na íntegra (em inglês) no site Science Daily.

Cupons de desconto TecMundo: